16set
2014
0
desenvolv e comport. conceito

O desenvolvimento infantil e o comportamento da criança

Quando falamos em comportamento infantil, nem sempre compreendemos o real significado desse termo. Por isso, devemos lembrar o quanto é importante observar o desenvolvimento da criança, pois qualquer aspecto emocional que ela possa estar vivenciando irá provocar mudanças no seu comportamento.
Sabemos que muitas coisas acontecem desde os primeiros meses de vida e que o desenvolvimento emocional tem lugar desde que se concebe a criança. Também sabemos que existe uma tendência ao desenvolvimento físico e de certas funções biológicas, o que constitui um processo natural.
No início da sua vida, a criança é totalmente dependente física e emocionalmente, e necessita dos cuidados de algum adulto. À medida que vai se desenvolvendo, ela vai aprendendo a ”jogar” com os adultos para chamar a atenção e fazer com que ele interrompa o seu trabalho ou atividade para satisfazê-la. Por isso que com média de um ano de idade a criança às vezes pede para tomar água e depoisnem toma, pede para fazer xixi ou cocô e chegando no banheiro não faz nada. São atitudes que fazem parte do seu desenvolvimento, a criança não está testando o adulto, mas sim, a suas próprias necessidades.
Após um ano de idade inicia-se uma nova fase, quando a criança pensa agindo ao invés de pensar antes de agir(fase em que muitos adultos ainda estão, hehehe). Começa a fase da imitação e da competição. A criança quer tomar um sorvete só porque viu outra criança tomando, ou quer jogar bola porque outra criança está brincando com ela. a criança muitas vezes agride a outra criança na disputa poroutro brinquedo que ela nem queria. Isso tudo constitui o desenvolvimento da personalidade, o reconhecimento de si e do outro e o início da sua independencia.
As crianças pequenas precisam desligar-se do seu mundo interior para se adaptar ao mundo externo. O fato de elas se apegarem a um objeto, seja um ursinho, uma fralda ou um cobertor, é importante para auxiliar esse processo.
Por volta dos três anos inicia-se o que chamamos de adolescência infantil. A criança passa a acreditar no que vê e no que pensa a respeito da situação. Por isso a birra em relação aos adultos é marcante, quando a criança utiliza seus gritos, seu corpo e sua agressividade para conseguir o que quer. Nesse momento a criança passa a mentir, não por maldade, mas por pura fantasia, o que tem um papelmuito importante na formação da sua personalidade. Outro aspecto que se torna mais evidente entre os quatro ou cinco anos é a sexualidade, quando a criança começa a ter mais curiosidade pelo sexo oposto, surgem as brincadeiras de papai e mamãe, médico, entre outras.
Todas essas fases devem ser preservadas, devemos respeitar a criança como ela é, ouvindo e entendendo as suas necessidades, buscando amá-la e educá-la sem interferir no seu desenvolvimento.
Enfim, a criança sabe o que quer e precisa, mas precisa de limites, orientações e muito amor pois não interferir no desenvolvimento infantil, não significa que devemos nos omitir do nosso papel de pais e educadores.

 

Fonte: e-familynet.com

No Comments

Reply